Please reload

Últimos posts

Investimentos Responsáveis

15/11/2017

 

O que é um investimento responsável?

 

 

 

O conceito de investimento responsável evoluiu consideravelmente nos últimos anos e agora excede o que antes era chamado de fundos "éticos". 

 

 

A abordagem para Investimento "responsável", isto é, que leva em consideração somente critérios diferentes do desempenho financeiro, tem ganhado  popularidade nos últimos anos, como pode ser visto nos números compilados pela Associação para investimento responsável:

 

 

 

 

 

 

Se adicionarmos a essas estatísticas o valor global das emissões de títulos "verdes", que a  JP Morgan estima em US $ 87,7 bilhões em 2016 (em comparação com US500 milhões em 2012), provavelmente podemos estimar que o  conceito de investimento responsável está ganhando rápido o caminho do mundo financeiro.

 

 

Mas exatamente, o que se entende por "investimento responsável"?

 

 

 

  

 

1. De onde vem a noção?

 

Originalmente, o conceito de investimento responsável decorria do desejo de alguns investidores de não investir em setores que vão contra seus valores. Essas origens podem ser religiosas: nos Estados Unidos, no início dos anos 1700, um dos fundadores da Igreja Metodista defendeu evitar práticas comerciais que possam pôr em perigo a vida dos trabalhadores. Ao mesmo tempo, o movimento Quaker proibiu os membros de se engajarem em certas práticas comerciais, incluindo a escravidão. Mais perto da década 70, o Grupo de Trabalho sobre Igrejas e Responsabilidade Corporativa (TCCR) foi criado no Canadá em resposta a investimentos que promovem o apartheid na África do Sul.

 

2. O que é investimento responsável?

 

Integração dos critérios ESG

Essa abordagem consiste em integrar critérios não financeiros em avaliação de negócios e decisões de investimento. Esses critérios abrangem os componentes do meio ambiente, sociedade e governança, daí o acrônimo ESG (Environnemen, Société et Gouvernance). Um número crescente de investidores vê esses componentes como fatores de risco que devem controlar da mesma forma que seus outros riscos de investimento porque podem afetar o valor de seu investimento.

 

Participação dos acionistas

Esta abordagem impulsiona a gestão dos critérios ESG para iniciativas que visam influenciar diretamente as decisões corporativas, geralmente através do exercício de direitos de voto em reuniões de acionistas.

 

Filtragem

Finalmente, a exclusão de certos títulos que não atendem a certos critérios sociais (por exemplo, empresas que exploram crianças) ou critérios ambientais (por exemplo, empresas poluentes) continua a ser defendida por vários gerentes de portfólio.

 

3. Quem são os principais jogadores no campo?

 

De acordo com a Associação para Investimento Responsável, a maior parte do crescimento do investimento responsável no Canadá é atribuível aos investidores institucionais que, em particular, gerenciam vários fundos de pensão públicos e privados.

 

4. Existem mecanismos de controle e verificação?

 

Os padrões internacionais de responsabilidade são cada vez mais avançados, de modo que os investidores possam ter ferramentas de medição sofisticadas, bem como critérios financeiros. Um dos sistemas frequentemente utilizados é a Global Reporting Initiative (GRI), criada em 1997.

 

5. Como fazer isso se quiser se investir de forma responsável?

 

Primeiro: Informe-se! Os gestores de fundos mútuos que adotam uma abordagem ESG serão muitas vezes signatários dos Princípios para Investimento Responsável (PRI) apresentados desde 2006 pelas Nações Unidas. Pode, portanto, ser importante ler os prospectos, porque um fundo pode muito bem ser gerenciado de acordo com critérios de responsabilidade social e ambiental sem aparecer necessariamente como "ético" ou "verde".

 

Seu representante de fundos mútuos pode ajudá-lo a classificar toda essa informação.

Artigo original : Français / English

  

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo

Energia Finances by Britto

+1 (581) 922-2200 | +1 (905) 693-8333